22 de maio de 2009

eu adoro


Eu adoro as reuniões do G...qualquer número. Pois é através delas que temos a oportunidade de visualizar, a nível top, o poder simbólico do aperto de mão, do sorriso para as câmaras e do exercício de, em se tratando de nada, se dizer alguma coisa. É um momento único, em que podemos observar líderes mundiais com tantas responsabilidades, num esforço coletivo e solidário de se reproduzir, em escala global, o típico fenômeno do vácuo político. Mas não se engane quem pensa que alguém ali perdeu a viagem...

3 comentários:

Fábio disse...

O Lula, por exemplo, nunca perde a viagem. Conhece o mundo inteiro, fala umas abobrinhas e ainda ouve elogios do tio Obama.

tai disse...

Ameeei o comentário acima, hahaha!

tai disse...

E ah, eu li o texto Aristóteles, a escolinha e a vaca, e não pude deixar de comentar... Gabriel García Márquez é demais!